Consórcio tem juros? Entenda porque essa é a melhor maneira de realizar seu sonho

By 6 de Fevereiro de 2018Consórcio, Dicas

Consórcio-Juros

Realizar um sonho é um momento muito esperado. Mas qual é o melhor caminho pra chegar até ele? Se você sonha com um bem material, como um imóvel, um veículo, entre outros itens, você pode alcançá-lo através de um consórcio.

Ao contrário de outras modalidades, o consórcio não tem juros. Isso porque ele se trata de um grupo de pessoas que se juntam para poupar a fim de comprar serviços ou bens. Ele é construído com os recursos dos próprios participantes do grupo, que devem contribuir mensalmente com o pagamento das parcelas.

Por não existir um empréstimo bancário e todo o dinheiro vir das contribuições dos próprios participantes, não há qualquer cobrança de juros e as taxas cobradas são fixas.

Quais taxas devem ser pagas num consórcio

Todas as taxas que são aplicadas em um consórcio estão ligadas ao valor do bem pretendido e não sofrem variação mensal, como acontece com os juros.

Uma das taxas é o Fundo Comum (FC). Ele é o valor pago pelos participantes do grupo para formar a grande poupança com que comprarão o serviço ou o bem quando forem contemplados. O valor é estipulado em referência ao dia da Assembleia Geral Ordinária, conforme indicado em contrato.

Há também a Taxa de Administração (TA). Essa é a remuneração que a administração cobra pelos serviços prestados na formação e gestão do grupo. Para saber qual é o valor pago pela taxa de administração em cada prestação, basta dividir o valor total pelo prazo do grupo.

Já o Fundo de Reserva (FR) é estabelecido para a proteção dos próprios participantes. Ele é um fundo de proteção que garante o funcionamento do grupo em situações fora do controle, como por exemplo a inadimplência de algum participante. Essa taxa só pode ser cobrada, entretanto, se estiver estabelecido em contrato. Quando o grupo for encerrado, se houver algum recurso nesse fundo, ele também é devolvido proporcionalmente aos consorciados.

Outra taxa que também pode ser cobrada, desde que esteja prevista em contrato, é o seguro. O consorciado poderá estar sujeito a pagamento de prêmios em alguns casos. Por exemplo, esse seguro pode cobrir a quebra de garantia (que protege o grupo em situações de inadimplemento de consorciados contemplados), seguro desemprego (caso o cotista perca o emprego) e o seguro de vida (destinado a pagar as prestações em caso de falecimento).

A melhor opção para a sua necessidade

A existência dessas taxas, que acabam beneficiando o próprio consorciado, e o fato de serem fixas, permite que ao contratar um consórcio você tenha ainda mais segurança e pague parcelas que estejam dentro do seu planejamento.

Converse com os nossos especialistas e tire todas as suas dúvidas aqui. Descubra qual é a melhor maneira de alcançar o seu sonho de uma maneira mais segura e econômica.

Comments on Facebook