5 práticas que ajudam na manutenção das frotas

consórcio de pesados

Fazer uma boa manutenção das frotas é uma das principais tarefas de todas as empresas que trabalham com logística, já que esse simples cuidado é responsável por manter o bom funcionamento da empresa, a satisfação do cliente e a segurança de todos os passageiros.

Para evitar problemas com essa questão, é preciso estar atento a alguns detalhes fundamentais. Veja alguns pontos que selecionamos e que prometem te auxiliar nessa tarefa!

Faça sempre a manutenção

Fazer a revisão dos veículos regularmente garante a segurança dos passageiros, a proteção da carga e também aumenta a durabilidade dos caminhões. Para que esse cuidado seja eficiente, é necessário pensar nas duas categorias de manutenção e apostar em ambas:

  • Corretiva: é a feita depois que algum defeito é encontrado;
  • Preventiva: é a manutenção que tem como objetivo evitar que possíveis problemas aconteçam e é feita, normalmente, durante as revisões periódicas.

Esteja sempre atento aos pneus e ao combustível

A atenção a esses dois principais elementos é essencial para manter o cuidado com o caminhão, pois são os pneus e o combustível que garantem o bom funcionamento da frota. Para evitar acidentes e defeitos no veículo, o ideal é organizar uma planilha de controle que contenha as informações sobre trocas, como datas em que o caminhão foi abastecido, data ideal para que seja feito o próximo abastecimento e o prazo para a troca de pneus.

Ter esse controle, além de facilitar a manutenção da frota, também evita a circulação de caminhões que não estejam em um bom estado.

Sempre escute o que o motorista tem a dizer

Ninguém conhece o caminhão melhor do que o motorista que o dirige todos os dias. Por isso, sempre que o profissional fizer uma queixa ou der um palpite, escute o que ele tem a dizer. Apenas quem dirige um veículo com frequência pode perceber um barulho no motor ou dificuldades para movimentar o volante, por exemplo.

Por conta disso, sempre leve em consideração as avaliações feitas pelos motoristas e resolva os possíveis problemas o quanto antes para que esses defeitos não se agravem.

Aposte em uma boa estrutura

Atualmente, a grande parte da manutenção da frota é feita por empresas terceirizadas, que avaliam as condições dos caminhões e consertam o que apresenta algum tipo de defeito. Esse tipo de serviço normalmente é feito durante a revisão, que ocorre periodicamente.

Porém, o ideal é que a sua frota não dependa exclusivamente dos consertos feitos por uma empresa externa, já que imprevistos podem acontecer a qualquer momento e não apenas no período próximo à revisão. Por isso, invista em uma equipe interna que possa realizar pequenos ajustes, como trocar pneus, por exemplo.

Não é necessário ter uma grande oficina dentro da sua empresa, apenas tenha sempre à mão alguns acessórios básicos, para pequenos reparos do dia a dia, como óleo de motor, pneus ou correia dentada.

Não postergue a renovação da frota

Às vezes, por mais que a manutenção tenha sido feita, o ideal é apostar em um novo caminhão, que seja mais potente e possa atender melhor às necessidades da sua empresa. Quando esse momento chegar, não hesite em renovar a sua frota e apostar em novos veículos.

Para que essa troca não te pegue desprevenido, o ideal é já contar com algumas economias, que não farão falta no seu orçamento, ou investir em um consórcio de pesados, uma forma de autofinanciamento bem acessível para trocar a sua frota.

Quer saber mais sobre o consórcio de pesados e como ele pode ser a solução para a sua empresa? Clique aqui e fale com um de nossos especialistas!  

Comments on Facebook